Data de Hoje
18 April 2021
Foto: Philippe Lima / Divulgação

Polícia desarticula quadrilha ligada à máfia da saúde

Já são sete presos. Grupo fraudou mais de R$ 48 milhões em recursos públicos

Uma ação da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e de Inquéritos Especiais (Draco/IE) tenta cumprir nove mandados de prisão e 25 de busca e apreensão contra uma quadrilha acusada de fraudar mais de R$ 48 milhões em recursos públicos por meio de contratos com a prefeitura do Rio. Sete acusados foram presos. Foram apreendidos ainda dinheiro em espécie, joias, relógios, carros importados e documentos.

Foto: Philippe Lima / Divulgação

Foto: Philippe Lima / Divulgação

A operação “Ilha Fiscal” tem apoio do Grupo de Atuação Integrada na Saúde e a Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI), do Ministério Público.

Cerca de 20 policiais da Draco participam da ação. De acordo com o delegado titular da Draco, Alexandre Herdy, o objetivo é contribuir no combate a máfia da saúde, que além de lesar o governo, corrompe a gestão pública e afeta o atendimento à população.

Por O Globo
Facebook Comments