Data de Hoje
4 August 2021

Polícia desarticula quadrilha que obrigava brasileiras a se prostituir na Espanha

As garotas eram seduzidas pela promessa de trabalhar no setor de turismo no país

A polícia espanhola desarticulou uma rede que  obrigava mulheres brasileiras a prostituir-se nas regiões de Barcelona, Ibiza e Las Palmas. Ao total, oito pessoas foram detidas. Entre elas,  três homens de nacionalidade espanhola e cinco mulheres, três de nacionalidade espanhola e duas brasileiras.

As garotas, com idade entre 18 a 23 anos, eram aliciadas em regiões carentes do país, com a promessa  de trabalhar no setor de turismo na Espanha. Segundo a polícia, para passar pela fronteira, a quadrilha  as obrigava a passar por turistas.

Quando chegavam ao país, elas ficavam sem os passaportes, eram mantidas em várias casas usadas pela rede e exploradas sexualmente, sob fortes medidas de controle e com mobilidade bastante limitada.

Foto: Reprodução

A polícia começou a investigar a rede depois de agentes terem comprovado que, em uma casa em Las Palmas de Gran Canaria, havia várias mulheres brasileiras que se prostituíam. As autoridades brasileiras, que colaboraram com a investigação, confirmam que algumas mulheres regressaram ao país depois de um longo período em que pagaram essa dívida.

Equipas da Brigada Central contra o Tráfico de Seres Humanos, da Esquadra Geral de Estrangeiros e Fronteiras, da Brigada Provincial de Estrangeiros e Documentação de Las Palmas e da equivalente unidade de Barcelona participaram da investigação.

Facebook Comments