Data de Hoje
9 December 2021

Polícia divulga retrato falado de um dos envolvidos em morte de jovem no Imbuí

A Polícia Civil divulgou nesta quarta-feira (5), na 9ª Delegacia Territorial (DT/Boca do Rio), o retrato falado de um dos envolvidos na morte do administrador Felipe Rauta Cabral, 25 anos, na madrugada do último sábado (1º). Dois ladrões participaram diretamente do latrocínio, mas a polícia apura o envolvimento de um terceiro homem no crime.

De acordo com a titular da 9ª DT, delegada Rogéria Araújo, o retrato falado divulgado é do homem que dirigiu o Hyundai/HB20, que pertencia ao administrador, após o assalto. O autor do disparo fugiu em um Fox vermelho, segundo a delegada.

A vítima estava acompanhada da estudante de jornalismo Aymée Francine Leite Brito, quando o carro foi cercado pela dupla de bandidos. Aymée foi levada pelo suspeito do retrato falado no HB20 e deixada na Estação Pirajá.

Ainda segundo a delegada, o suspeito identificado por Aymée possui características já conhecidas. “A moça (Aymmé) foi muito detalhista. Ela disse que ele possuía uma falha no dente, como se um fosse montado no outro.  Esse é um dos envolvidos. O que deu o tiro não é esse. Ele (do retrato falado) foi o que ficou mais tempo com a moça. Ela relatou que eles estavam muito agitados e parecia que o que deu o tiro estava drogado”, explicou a delegada.

Em depoimento, a estudante de jornalismo contou que chegou a perguntar ao suspeito se ela sofreria algum abuso, mas que ele passou todo o percurso acalmando-a e garantindo que não faria nada com ela. Na manhã do dia seguinte, o Hyundai/HB20 foi encontrado por policiais militares na localidade de Cidade de Plástico, em Nova Brasília de Valéria. A polícia coletou digital dentro do veículo para realizar futuro cruzamento de dados, caso algum suspeito seja localizado.

Uma das dificuldades que a perícia tem encontrado na análise do vídeo é o fato das imagens estarem muito escuras. Por conta disso, a perícia do vídeo ainda não tem data para ser concluída. Segundo a polícia, o trabalho dos peritos ainda deve demorar. Ainda de acordo com a delegada Rogéria, o suspeito que dirigia o HB20 aparentou surpresa no momento do tiro. “Ela (Aymmé) me passou a impressão de que o suspeito que conduziu o carro ficou surpreso com a ação do comparsa, como se aquilo (o tiro) não estivesse combinado”, disse a delegada.

Segundo o major Gabriel Neto, da 39ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Boca do Rio), o policiamento foi melhorado na região do Imbuí. Ainda de acordo com o major, o Serviço de Inteligência (SI) da PM está auxiliando nas investigações. “Temos feito operações constantes nos acessos ao Imbuí, intensificamos o policiamento, que permanecerá, além da atuação do Serviço de Inteligência da PM, que tem trabalhado para localizar os suspeitos”, disse.

Durante a divulgação do retrato falado, as polícias Civil e Militar divulgaram telefones de contato para denúncias, que poderão ser feitas de forma anônima, em caso de informações sobre a a localização dos suspeitos.

Disk Denúncia : (71) 3235-0000 ou 190

Serviço de Investigação da Polícia Civil: (71)3116-1765 ou 3116-1760

Central da PM: (71) 9984 2699 ou 9984 8696

Fonte: Correio

Facebook Comments