Data de Hoje
8 December 2021

Polícia investiga quem teria jogado tinta em formanda

A Polícia Civil tenta identificar a mulher responsável por jogar tinta vermelha na universitária Sirene Luzia Correio, 31 anos, pouco antes da formatura dela, na última terça-feira, 25, na cidade de Cuiabá (MT).

A estudante já estava de beca quando foi atingida pela tinta vermelha, que ficou impregnada no rosto, cabelo e braços. Ela iria se formar em administração e tinha ido beber água quando uma mulher gritou pelo nome da dela e jogou a tinta.

De acordo com a polícia, pessoas que estiveram próxima à vítima, durante a colação de grau, serão chamadas para prestar depoimento.

Em conversa com a polícia, a vítima apontou a mulher de um homem com quem se relacionava como a principal suspeita. O antigo namorado de Sirene e a mulher dele também serão chamados para depor.

Em entrevista, Sirene Luzia disse que está muito abalada: “Eu realmente não sei quem foi, pode ter sido qualquer pessoa, mas para mim essa mulher é a principal suspeita”, disse.

A instituição onde a jovem estuda espera a recuperação da jovem para marcar uma nova cerimônia. “Espero que a pessoa seja localizada e punida pelo que fez”, completou Sirene.

a_1555746

Por: A Tarde

 

Facebook Comments