Data de Hoje
18 September 2021
Foto: Reprodução Rede Record

Por não aceitar fim de namoro, homem mata ex-namorada e ex-sogra

Suspeito já havia sido preso duas vezes em 2013 por agredir outras companheiras.

Foto: Reprodução Rede Record
Foto: Reprodução Rede Record

Um homem foi preso e confessou ter matado a ex-namorada e a mãe dela em Tabapuã, no interior de São Paulo, no último domingo (3). O motivo do assassinato, de acordo com o suspeito, foi por ciúmes.

Emerson Luiz dos Santos, de 22 anos, entrou na casa por volta das 23h e matou Isaura Alves Medeiros, de 47 anos, com um punhal. O homem fechou a porta e ficou sentado no sofá, esperando para matar a ex-namorada por quase cinco horas.

A irmã caçula de Thaina Kamila Batista, de 23 anos, estava dentro da casa no dia do crime. No entanto, Santos pediu para que ela saísse. A criança, de sete anos, começou a caminhar pelas ruas do bairro e foi vista pela polícia, que desconfiou da situação e chegou até a casa da vítima.

Santos confessou o crime e contou ainda que não suportava o fim do relacionamento e afirmou, no depoimento à polícia, que tinha ódio da ex-sogra porque ela não aprovava o namoro dos dois.

Antes de se separar, Thaina foi agredida pelo suspeito e procurou a polícia. Foi quando a jovem descobriu que o ex-namorado havia sido preso duas vezes, em 2013, por agredir outras companheiras.

Thaina deixou dois filhos: um de cinco e outro de dois anos.

Santos foi encaminhado para a Cadeia de Catanduva. O suspeito irá responder pelo crime de homicídio duplamente qualificado.

Por R7
Facebook Comments