Data de Hoje
29 January 2022

Possível ‘colisão’ entre Geraldo Jr. e ACM Neto fez Carballal não querer mais liderança

A possibilidade de um conflito entre o prefeito ACM Neto e o presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Júnior, foi um dos motivos para Henrique Carballal (PV) não se interessar mais em ser líder do governo na Casa. Segundo pessoas próximas ao vereador do PV, ele avalia que os representantes dos dois principais poderes da capital baiano devem entrar em “rota de colisão”.

Um dos indícios dessa tensão seria a atual crise envolvendo a Câmara e o secretário municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel), Alberto Pimentel. Na última semana, os vereadores convocaram o titular da Semtel a dar explicações sobre seu trabalho, medida sem precedentes no Legislativo (veja mais). Integrantes da base de ACM Neto chegaram a fazer duras críticas a Pimentel, destacando a falta de diálogo do secretário.

O vereador Paulo Magalhães Júnior (PV) foi confirmado na última semana pelo prefeito ACM Neto como novo líder do governo na Câmara (veja mais). Carballal estava no posto desde o começo do segundo mandato do prefeito, em 2017. Durante a reforma administrativa, ele conversou com ACM Neto sobre a possibilidade de se tornar secretário, mas as conversas não avançaram.

Facebook Comments