Data de Hoje
9 December 2021

Praça do Campo Grande: falta de segurança pública do Estado e impunidade reina no local

  DSCN5521

(Foto: Mara Silvany / Click Notícias)

O Largo do Campo Grande, também conhecido como Praça Dois de Julho, é um local onde as famílias se reúnem para distração e levam as crianças para brincar; os mais velhos se reúnem para jogar um pouco de poker, dominó e conversar; religiosos usam para se aproximar das pessoas e oferecer sua fé; e para os jovens o local é ideal para ‘pegação’, namoro, ponto de encontro, patinação e skates. Porém, ultimamente, a praça que é um dos pontos turísticos de Salvador e usado anualmente para o Carnaval tem sido alvo dos bandidos. Quase todos os dias acontece algum assalto: seja de bolsas ou celulares. E como a praça é um local de fácil acesso para outros locais, como: Graça, Gamboa, Av. 7, dentre outros bairros, o acesso para os bandidos entrarem em ação e fugir com pertences se tornou fácil.

assalto-campogrande

(Foto: Reprodução / Record)

A prédios na região foram obrigados a colocarem câmeras de segurança e flagraram um homem invadindo o prédio.

Segundo a reportagem do Bocão News, no mês de abril de 2012, moradores alegaram que a polícia foi acionada várias vezes, mas foram orientados de que só aumentariam o patrulhamento da via se houvesse pagamento pelo serviço.

DSCN5523

(Foto: Mara Silvany / Click Notícias)

A equipe do click Notícias foi ao local e permaneceu cerca de uma hora. Foi avistado um número máximo de 5 guardas municipais, três deles em uma ponta da praça e outros dois na outra. Em nenhum momento foi avistado a presença da PM, nem mesmo em honda.

DSCN5519

(Foto: Mara Silvany / Click Notícias)

Existe um módulo antigo, onde a companhia da polícia ficava, anos atrás, agora está abandonado.

Quem passa pela praça ou aguarda o ônibus nos pontos ficam à mercê de bandidos que, por ânsia de usar drogas, assaltam as pessoas, seja a noite ou durante dia. O número de moradores de rua, usuários e bandidos é maior que a quantidade de guardas municipais. “Desde 2007 até este ano a impunidade reina nesse local. A segurança pública do Estado não acaba com o tráfico da Gamboa, que abastece toda a região do Campo Grande até a Barra, por quê? ”, perguntou seu Sr. Edvaldo, comerciante que trabalha no local a mais de 9 anos.

ACONTECIMENTO RECENTE

Na noite do dia 03 de agosto deste ano aconteceu uma tragédia onde duas pessoas foram baleadas durante um assalto na região do Campo Grande, em Salvador. Além de tiroteios, o tráfico de drogas é constante. O local se tornou point para moradores de rua que descem a Gamboa e onde há forte distribuição de drogas para vender na praça.

Por: Mara silvany/ Click Notícias

Facebook Comments