Data de Hoje
31 July 2021
Foto reprodução

Preço do gás de cozinha em Salvador chega a variar R$ 17 reais, depende do bairro

Uma pesquisa realizada pelo Jornal Correio comprovou que o preço do gás de cozinha em Salvador chega a variar R$ 17 reais dependo do bairro e distribuidora. O local mais barato encontrado pela reportagem foi no bairro da Santa Cruz, onde o botijão é vendido por R$ 55; o mais caro, por sua vez, foi achado no Engenho Velho da Federação, por R$ 72.

Já o último levantamento da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgado semanalmente, apontou uma diferença de R$ 23, no dia 1º de agosto, antes do reajuste da Petrobras. O bairro de Paripe tinha o preço mais barato em Salvador: R$ 45; já o mais alto, R$ 68, estava em São Marcos. Foram pesquisados 39 pontos de venda em diversas áreas da cidade.
De acordo com a Petrobras, o reajuste no preço final depende das revendedoras e distribuidoras. Se o reajuste for repassado integralmente ao consumidor, o valor pode subir, em média, em 2,2%– cerca de R$ 1,29 por botijão.

O diretor do Sindicato dos Revendedores de Gás da Bahia (Sinrevgas), Edgard Cardoso, afirma que o reajuste foi imediato e começou a vigorar no último sábado. “O reajuste foi automótico. Foi anunciado e, no dia 5, começamos a cobrar o preço mais caro”, explica. Segundo ele, o reajuste foi repassado integralmente para o consumidor, que já reclamou do aumento. No entanto, segundo Cardoso, o cliente entende que a mudança independe da revenda. “O consumidor está mais consciente de que o aumento não vem da revendedora, vem da Petrobras, mas reclama”, diz.

Facebook Comments