Data de Hoje
7 December 2021

Prefeita de 25 anos suspeita de desviar verbas e ostentar vida de luxo segue foragida

PF disse que quem ajudar a prefeita de Bom Jardim (MA) a se esconder será tratado como integrante de organização criminosa

Uma jovem de 25 anos, prefeita da cidade de Bom Jardim, no Maranhão, é procurada pela Polícia Federal por desviar verba da Educação no município. Foragida há quatro, Lidiane Leite (PP) ostentava vida de luxo nas redes sociais.

Ela já tinha sido afastada do cargo três vezes – em abril de 2014, por 30 dias, após denúncias de improbidade administrativa. Lidiane retornou ao posto em 72 horas, após obter liminar na Justiça. O segundo afastamento aconteceu em dezembro de 2014, e pedia um afastamento de 180 dias.

A terceira vez, em maio de 2015. Ela também retornou ao cargo em 72 horas nesta ocasião. Lidiane está desaparecida desde o início da Operação Éden, que investiga fraudes em licitações, desvio de dinheiro da merenda escolar e transferência bancárias irregulares em Bom Jardim.

Desvios e ostentação

Ela é suspeita de desviar verbas da Educação. A PF investiga transferências feitas da conta de prefeitura para a conta pessoal de Lidiane em um montante de R$ 40 mil ao longo de ano, realizadas em parcelas de R$ 1 mil. Além disto, a conta do advogado da prefeita também recebeu transferências de mais de R$ 200 mil em menos de um ano.

Lidiane foi eleita pela primeira vez em 2012, aos 22 anos. Na época, o então namorado da jovem, Beto Rocha, teve a candidatura impugnada ao ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa, informa o G1 Maranhão. A garota assumiu o lugar dele e venceu as eleições.

A prefeita então passou a compartilhar fotos da nova rotina nas redes sociais, ostentando uma vida de luxo. “Eu compro é que eu quiser. Gasto sim com o que eu quero. Tô nem aí pra o que achem. Beijinho no ombro pros recalcados”, escreveu Lidiane em seu perfil pessoal no Facebook.

RTEmagicC_71fd31eba8.jpg

Eleita aos 22 anos, Lidiane ostentava boa vida nas redes sociais sumiu

“Devia era comprar um carro mais luxuoso pq graças a Deus o dinheiro ta sobrando (sic)”, se gabou a prefeita em outra ocasião.  Ela é procurada pela Polícia Federal, que alertou neste final de semana que quem estiver ajudando Lidiane a se esconder será tratado como integrante de organização criminosa.

“Pelo tempo que ela está desaparecida, é muito provável que ela esteja recebendo o auxílio de outras pessoas. Isso pode fazer com que essas pessoas sejam incluídas na organização criminosa que se investiga”, diz o superintendente da PF no Maranhão, Alexandre Saraiva, em entrevista ao G1.

Na busca pela prefeita, a polícia reforçou a vigilância em rodoviárias, aeroportos e rodovia do estado, assim como nas fazendas de amigos de Lidiane. A expectativa é de que ela seja presa ainda nesta semana.

Por: Correio

Facebook Comments