Data de Hoje
22 April 2021

Prefeitura-bairro de Cajazeiras atenderá 700 pessoas por dia

  • Neto falou sobre a importância da unidade, que é a 3ª das dez que estão previstas

A prefeitura-bairro de Cajazeiras, em Salvador, foi inaugurada na manhã deste domingo, 24. A unidade é a terceira de dez previstas como programa de descentralização do município.

Localizada na Estrada da Paciência, próximo ao Hospital Jaar Andrade, a prefeitura-bairro, no entanto, só começará a atender o público no próximo dia 2 de junho.

De acordo com o subprefeito Alan Muniz, apesar de já ter sido inaugurada, nos dias 29 e 30 será feita uma pré-operação para adequação de sistemas.

A subprefeitura ficará responsável pela área que incluiu todas as Cajazeiras, Fazenda Grande, Águas Claras, Boca da Mata, Castelo Branco e Dom Avelar.

Estrutura

O  imóvel tem 600 m², dois andares, elevador, 15 guichês, seis salas, auditório e capacidade para atender até 700 pessoas por dia.

Serão oferecidos serviços como cadastramento para o Bolsa Família, Casa Legal, além de solicitações de limpeza,  tapa-buracos e marcação de consultas.

A ideia é que moradores não precisem se deslocar para resolver problemas que envolvem órgãos como a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), Secretaria de Infraestrutura e Defesa Civil (Sindec), Secretaria de Ordem Pública (Semop), Limpurb, Coordenadoria de Defesa do Consumidor (Codecon),  entre outros.

"A gente sabe que a cidade é muito grande. Há muitos problemas. Não dá para ficar centralizado. A cidade não pode ser governada à distância. Até o final do ano, serão 10 unidades no total", destacou o prefeito ACM Neto.

A implantação das subprefeituras, no entanto, tem sofrido sucessivos adiamentos. A prefeitura não conseguiu implantar, em 2013, nenhuma unidade. A do Centro-Brotas e Itapuã só foram inauguradas este ano.

Morador de Cajazeiras, o aposentado Vital Miranda, 53, espera que o serviço funcione e traga melhorias para o bairro. "Os problemas são muitos. o trânsito é um dos principais. O asfalto também precisa de intervenção", afirmou.

Durante a inauguração, Neto destacou que em julho haverá uma operação especial de trânsito na região, com 30 agentes para "regularizar a situação".

"O posto de saúde quase nunca tem médico. O trânsito se complica sem motivo. Vamos ver se realmente vão nos ouvir, porque Cajazeiras tem sido esquecida", acrescentou a auxiliar de serviços gerais Edilene de Oliveira, 25.

Facebook Comments