Data de Hoje
28 November 2021

Prefeitura lança programa que facilita entrega voluntária de material reciclável

A população de Salvador vai contar, a partir desta quarta-feira (12), com mais pontos de entrega de material reciclável espalhados por toda a cidade. Coordenado pela Secretaria de Cidade Sustentável (Secis), o Programa de Coleta Seletiva foi lançado pela Prefeitura nesta terça-feira (11), na sede da cooperativa de reciclagem Coopcicla, na Sete Portas. Nessa primeira fase do programa, serão instalados a partir de hoje 50 pontos de coleta que poderão receber qualquer material reciclável, com capacidade de até 2,5m³ cada. O programa conta também com um aplicativo para celulares com informações detalhadas aos cidadãos sobre os pontos de coleta do material.

2015-08-11_Prefeito ACM Neto_Programa Coleta Seletiva_Foto Max Haack_Agecom_168

“Recentemente estivemos em Roma em uma reunião com o papa Francisco, que tratou da encíclica ‘Laudato Si’, sobre a relação entre a ecologia e as questões sociais. Na ocasião, percebemos que Salvador vem dando passos largos na área da sustentabilidade, com ações como o Verde Perto, o Carnaval Sustentável e agora a ampliação dos pontos de coleta seletiva”, destacou o prefeito ACM Neto, durante discurso. O prefeito salientou também que, como a implantação do sistema de coleta seletiva é cara, a Prefeitura tem buscado construir parcerias criativas e a participação da iniciativa privada é fundamental nessa iniciativa.

“Além disso, esperamos assinar em breve com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento) um convênio para instalação de um programa de universalização da coleta seletiva na cidade, fazendo a ação de porta em porta. Enquanto isso, vamos investindo na conscientização do cidadão, que deverá ter uma atitude proativa e ajudar a cidade na conservação do meio ambiente”, complementou o prefeito, acompanhado também da vice-prefeita Célia Sacramento, do presidente da Limpurb, Tiago Correia, do presidente da Coopcicla, Edson Cabral, de demais autoridades e dos cooperativados.

2015-08-11_Prefeito ACM Neto_Programa Coleta Seletiva_Foto Max Haack_Agecom_273

A entrega voluntária já poderá ser feita esta semana em Nazaré (em frente ao Colégio Salesiano); Barbalho (Colégio ICEA); Dois de Julho (Praça General Inocêncio Galvão); Brotas (Escola Estadual Luiz Viana); Campinas de Brotas (próximo ao cemitério Jardim da Saudade); Dique do Tororó (Avenida Vasco da Gama, próximo à Arena Fonte Nova); e Campo Grande (em frente ao Teatro Castro Alves). Aos poucos, outros contêineres serão instalados em áreas como São Caetano, Ribeira, Liberdade, Barra, Federação, entre outros.

Funcionamento – O investimento total no programa é de R$ 2 milhões. Serão 150 contêineres, chamados de Pontos de Entrega Voluntária (PEV), até o final deste ano, e a meta é alcançar 200 em 2016. A recomendação é que o material seja levado limpo, evitando, portanto, a incidência de insetos. Podem ser levados aos postos de coleta papel, metal, plástico e vidro, todos secos.  A coleta ficará a cargo da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), que encaminhará o material para seis cooperativas – Coopcicla, Caec, Camapet, Canore, Cooperbari e Cooperbrava. Os caminhões usados nessa operação só carregarão o material reciclável, não sendo utilizado, portanto, para coleta de outros resíduos.

“O próprio cidadão será responsável pela separação do material em casa para levar aos PEV’s. Para facilitar o processo, optamos por uma separação mais simples entre resíduo seco e resíduo úmido. Ou seja, em casa, tudo o que é reciclável o cidadão pode colocar em uma lixeira e o material úmido que poderá servir para compostagem poderá ir para outra lixeira. O material reciclável deverá ser levado até o ponto de coleta e o montante será transportado pela Prefeitura para as cooperativas, que vão triar o material e, a partir daí, gerar emprego e renda na indústria de transformação desse material”, explicou o secretário da Secis, André Fraga.

Na ocasião também foi mostrada as novas instalações da Coopcicla, que recebeu melhoria da estrutura e troca do maquinário, numa parceria firmada com a Coca-Cola no valor de R$ 300 mil. Além da reforma no telhado, muros e pintura, foram adquiridos novos equipamentos, a exemplo de esteira e prensas. “Isso tudo é muito bom, vai melhorar bastante o trabalho que fazemos todo o dia. Nós pedíamos um maquinário como esse, mas só acreditamos quando vimos aqui e ficamos muito contentes. Daqui pra frente vai melhorar mais e mais a rotina”, ressaltou a cooperativada Jacilene Oliveira.

Ao lado da diretora do Instituto Coca-Cola, Daniela Redondo, a gerente de Sustentabilidade da Solar Coca-Cola, Deraldina Ramos, ressaltou a satisfação em apoiar uma iniciativa como esta e que a instituição revelou interesse em dar andamento ao projeto, com a entrega do maquinário à Coopcicla. “Entendemos que, com isso, os catadores terão melhoria na própria renda, o que resulta em um impacto social bastante positivo. Também estamos iniciando hoje o projeto Reciclando e Aprendendo, que será realizado em algumas escolas municipais e cujo material levado pelos alunos será destinado às cooperativas”.

Aplicativo – Está disponível para Android e IOS o aplicativo “Coleta Seletiva Salvador”, através do qual será possível consultar pontos mais próximos para entrega de material reciclável. O app conta também com locais de recebimento de medicamentos, óleo de cozinha, eletrônicos, pilhas e baterias (locais definidos com parceiros). Há ainda informações dos ecopontos, onde podem ser descartados entulhos, restos de poda e cacarecos, a exemplo de móveis e eletrodomésticos velhos, com até 2m³. Já está aberto o ecoponto localizado atrás do Hiperposto, de segunda a sábado, das 7h às 17h. Estão em obras as estruturas que funcionarão no Vale das Muriçocas e Curralinho.

2015-08-11_Prefeito ACM Neto_Programa Coleta Seletiva_Foto Max Haack_Agecom_34

Facebook Comments