Data de Hoje
4 August 2021
Foto reproduçao

Prefeitura notifica 18 lava a jatos irregulares na Estrada do Curralinho

Dezoito lava a jatos que funcionavam de forma irregular na Estrada do Curralinho, no trecho do Imbuí, foram notificados para interromperem as atividades. A ação, que foi informada à imprensa nesta quarta-feira (16/8), foi feita por agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) ontem (15/8).

Os estabelecimentos se apropriaram do espaço público sem licença e consumia de forma indevida água e luz por meio de ligações clandestinas. A ação foi amparada pela Lei Municipal 5.503/99, que dita as normas sobre exploração de atividades em logradouros públicos.

Segundo a nota encaminhada à imprensa pela assessoria da Semop, os lava a jatos funcionavam em via pública, obstruindo, inclusive, a passagem de pedestres. “Trata-se de uma importante ação que acontece em conjunto com diversos órgãos da Prefeitura, com intenção de combater o uso irregular e criminoso da água e energia na região. Uso este que traz prejuízos aos cofres públicos, além de prejudicar o meio ambiente. São despejadas dezenas de litros de produtos químicos e óleos por dia na pista, prejudicado assim todo o meio ambiente daquela área”, explica o secretário da Semop, Marcus Passos.Os proprietários foram avisados a finalizarem os trabalhos de forma imediata. Em caso de descumprimento, os equipamentos poderão ser apreendidos pelos fiscais e encaminhados para o Setor de Guarda de Bens da Semop (Segub). Os donos dos materiais têm prazo de 60 dias para retirada dos itens mediante pagamento de taxa, definida de acordo com o volume apreendido. Se o bem não for resgatado nesse período, os equipamentos são doados ou descartados.

Facebook Comments