Data de Hoje
12 April 2024

Prefeitura retoma Campeonato de Futebol dos Servidores com a inclusão de mulheres

Foto: Lucas Moura / Secom PMS

De 23 de setembro a 9 de dezembro, a Prefeitura de Salvador, através da Secretaria de Gestão (Semge), vai realizar mais uma edição do Campeonato de Futebol dos Servidores Municipais, evento que mobiliza todos os órgãos e entidades da gestão. A iniciativa acontece por meio do Programa de Desenvolvimento do Servidor e da Diretoria de Gestão de Pessoas da Semge.

Além de troféus para campeão e vice e medalhas para os quatro primeiros colocados, a Prefeitura premiará os destaques das duas competições, como forma de reconhecimento, valorização e incentivo. Os prêmios serão concedidos para artilheiros, equipes menos vazadas, times mais disciplinados (Troféu Fair Play), destaques e árbitros.

A temporada 2023 do campeonato retorna após alguns anos sem realização. Segundo o secretário de Gestão, Rodrigo Alves, o resgate do evento visa promover a integração, o bem-estar e a qualidade de vida do funcionalismo municipal através do esporte. “É mais uma iniciativa da Prefeitura de Salvador para valorizar, integrar e envolver os servidores, numa disputa saudável, que traz o espírito da união, do pertencimento, do desenvolvimento pessoal e da inclusão, que são valores inerentes ao esporte”, afirma o secretário.

A pasta, além de organizar as competições, manterá uma página na internet (campeonatoservidor.salvador.ba.gov.br) especialmente para o campeonato. No portal, os times e torcidas acompanham lances de cada rodada, tabela de jogos, classificação, relatório disciplinar, além de poder consultar o regulamento e manter contato com a equipe organizadora. Pelo mesmo site é possível realizar as inscrições, que acontecem de 14 a 18 de setembro.

Futebol feminino – Na edição deste ano o campeonato terá a participação das mulheres pela primeira vez . “À medida que a visibilidade do futebol feminino aumenta com eventos como a Copa do Mundo, ocorre uma mudança na percepção e no tratamento das mulheres no esporte, em especial no futebol. E a Prefeitura dá esse protagonismo às mulheres, para que elas se sintam parte desse processo”, conclui a Diretora de Gestão de Pessoas da Semge, Mariana Trocoli.

Atletas em ação – Servidora da Semge, Elizabete Cardoso, 39 anos, pratica esporte desde criança e se declara apaixonada pelo futebol. Ela promete fazer bonito no campeonato e parabenizou a Prefeitura pelo incentivo da gestão ao esporte. “É excelente pois promove a integração entre os servidores, além de incentivar a prática de atividades físicas que é essencial para a melhoria da qualidade de vida. Minhas expectativas são as melhores. Tenho certeza que as mulheres irão abrilhantar ainda mais o evento. Não conseguimos treinar o suficiente , mas o importante é participar e incentivar outras colegas para que nos próximos campeonatos tenham mais pessoas interessadas em participar”, afirmou.

Atleta amadora, a profissional da Secretaria de Comunicação (Secom), Raylane Novaes, também vai disputar o campeonato. Veterana no cenário do futevôlei de Salvador, ela, que joga bola desde os 14 anos, destacou como o campeonato será positivo para a integração dos colaboradores. “É um incentivo maravilhoso, tanto para o esporte como para as possíveis amizades que se iniciam a partir dali, ajudando e facilitando ainda mais o trabalho interno e externo. Muitas vezes os servidores só se vêem pelos corredores ou falam por telefone”, explicou.

Saúde mental – Profissional da Secom, Lucas Moura avaliou o impacto do campeonato na melhora da saúde mental dos colaboradores municipais. Moura destacou também que este é um diferencial de Salvador no cuidado com os servidores. “Juntar todos os servidores nesse campeonato é extraordinário. O esporte melhora até o nosso desempenho no trabalho e é saúde e vida. Quando juntamos a equipe nesse exercício, independente de qual seja o esporte, a gente sai um pouco da rotina para cuidar da saúde mental. Isso faz render mais nosso trabalho. Só tenho a agradecer porque vai ser um dia muito produtivo, de lazer e união”, contou.

Reportagem: Joice Pinho / Secom PMS