Data de Hoje
4 December 2021

Prefeitura trabalha para minimizar transtornos no trânsito no Rio Vermelho

As obras do Rio Vermelho estão em um estágio de grande impacto no trânsito, trazendo transtornos também para outras regiões que recebem o fluxo dos motoristas que desviam do trecho que está em obras. Isso aumenta o congestionamento em locais como a Av. ACM, passando pelo Itaigara, um trecho que acaba não comportando o número de veículos que trafegam na via. Este momento crítico da obra deve perdurar até o dia 6 de setembro.
Prepostos da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) atuam desde cedo em toda a área afetada, tomando medidas com o intuito minimizar os impactos sobre a mobilidade. Às 8h30, o retorno da Lucaia (em frente à Embasa) foi fechado, sendo reaberto às 10h. Já o da Av. ACM (próximo ao Hospital Teresa de Lisieux) foi fechado às 8h50 e reaberto às 9h. Além destas alterações, às 8h, a saída da Av. ACM, de quem vem do Itaigara (Parque da Cidade) sentido Iguatemi, foi estreitada até às 11h. Desde as 11h30, o fluxo na Av. ACM e no Rio Vermelho segue normalmente para o horário.
650x375_transito-obras-rio-vermelho-prefeitura-salvador-agora_1529913 A TARDE

Sinalização de entrada e saída de carros pesados na obra do Rio vermelho Foto: Reprodução/ A Tarde

Nesta quinta-feira (27), um agravante para os congestionamentos são as fortes chuvas que caem em Salvador. Além disso, existem outras obras acontecendo em outros pontos na cidade que também impactam no trânsito – como a obra do metrô e a de São Joaquim, esta última com previsão de término em duas semanas.
Fonte: Agecom/ Click Notícias
Facebook Comments