Data de Hoje
24 September 2021

Presidente da OAB no Rio diz que reintegração está pior do que era esperado

Presidente da OAB no Rio diz que reintegração está pior do que era esperado

Fotos: G1 Rio

 
O presidente da 55ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro, Humberto Cairo, disse que a reintegração de posse que acontece, na cidade, na manhã desta sexta-feira (11) está pior do que se esperava. "A OAB avisou para que essa reintegração fosse feita com cautela. Posso garantir que o melhor era o diálogo entre as pessoas. Deveríamos sentar, conversar, ver quem realmente é necessitado ali e fazer um cadastramento", afirma Cairo. "Não podemos aceitar o vandalismo, nem a irregularidade, mas também não aceitamos truculência e a situação de perigo a que estas pessoas estão sendo expostas", acrescenta. O advogado tentava mediar um consenso entre os invasores do antigo prédio da Telerj, no Engenho Novo, e a Telemar, que é dona do terreno. O prédio era ocupado por cerca de cinco mil famílias há 11 dias. 

Durante a ação da polícia, na manhã desta sexta, houve confusão. Após uma das lideranças dos manifestantes ser presa, o confronto se acirrou e os policiais usaram bombas de efeito moral e gás lacrimogênio para controlar a situação. O repórter do jornal O Globo, Bruno Amorim, foi preso pela Polícia Militar por fotografar a operação. Um PM arrancou os óculos de Bruno, deu-lhe uma chave de braço e o acusou de incitar a violência. Após ser imobilizado, ele foi filmado pelo mesmo policial, que dizia: "Estou filmando um repórter da Globo que estava jogando pedras. Vocês mostram a nossa cara, agora estou mostrando a sua". O policial estava sem identificação na farda. As informações são da Agência Brasil e de O Globo

Facebook Comments