Data de Hoje
5 August 2021

Presidente da Unidunas diz que parque pode ser prejudicado por concessão de Aeroporto

Presidente da Unidunas diz que parque pode ser prejudicado por concessão de Aeroporto

Foto: Divulgação
O presidente da Universidade Livre das Dunas (Unidunas), Jorge Santana, está preocupado com a possibilidade de que a concessão de R$ 3 bilhões do governo para o Aeroporto Internacional de Salvador possa ameaçar a preservação do parque urbano. Ele tem seis milhões de metros quadrados e possui espécies endêmicas e é reconhecido pela Unesco como Reserva de Biosfera da Mata Atlântica (RBMA). Segundo Santana, a Infraero já teria lhe oferecido cerca de R$ 500 por metro quadrado em uma tentativa de comprar o parque no ano de 2009 para ampliar a pista auxiliar P-34, atualmente com cerca de 1,8 quilômetros. "Querem ampliar a P-34 para 5 quilômetros na direção do mar. O objetivo é receber grandes aviões de carga, porque é este transporte que gera maior receita. Se este fosse um país sério, ninguém olharia na direção do maior parque urbano do Brasil, reconhecido pela Unesco como Reserva de Biosfera da Mata Atlântica", assevera. De acordo com Santana, a área possui 12 lagoas perenes e as dunas funcionam como uma espécie de esponja, capaz de reter salinidade e a água das chuvas no lençol freático. Além disso, a preservação da vegetação de restinga impede o avanço das dunas e a preservação da fauna impede o desequilíbrio de espécies perigosas para os seres humanos como os barbeiros.
Facebook Comments