Data de Hoje
8 March 2021

Primeira dose de vacina Pfizer é 85% eficaz após 2-4 semanas, revela estudo

A primeira dose da vacina contra a Covid-19 da Pfizer/BioNtech é 85% eficaz duas a quatro semanas após sua administração – aponta um estudo da revista científica The Lancet realizado com os profissionais de saúde do maior hospital de Israel.

O país lançou em 19 de dezembro uma grande campanha de vacinação contra a Covid-19, após um acordo com a Pfizer que permitiu Israel obter rapidamente milhões de doses em troca de fornecer dados biomédicos sobre o efeito da vacina.

Até agora, 4,23 milhões de israelenses (47% da população) receberam ao menos a primeira dose da vacina – deles, 2,85 milhões (32%) já tiveram a segunda dose necessária -, conforme o Ministério da Saúde.

Recentes estudos israelenses estabeleceram em 95% a eficácia da vacina uma semana depois da segunda dose. E, agora, esta nova pesquisa do hospital Sheba, localizado perto de Tel-Aviv, a considera 85% eficaz entre duas e quatro semanas após a primeira dose.

O hospital fez exames em 9.109 profissionais da área de saúde desde o início da campanha de vacinação até 24 de janeiro. Nesse período, 7.214 receberam a primeira dose, e os 1.895 restantes não.

Dessa amostra, 170 pessoas contraíram a doença, das quais 89 faziam parte do grupo de funcionários que ainda não haviam sido vacinados.

Comparando-se as taxas de infecção nesses dois grupos – vacinados e não vacinados – e o momento em que foram diagnosticados, as equipes do Sheba concluíram que a vacina foi 47% eficaz entre o primeiro e o 14° dia após a primeira dose, e 85%, entre os dias 15 e 28.

Esta notícia poderia “facilitar a gestão da nossa vacina nas farmácias e permitir uma maior flexibilização nos centros de vacinaçao”, afirmou um dos fundadores da BioNTech, Ugur Sahin.

Facebook Comments