Data de Hoje
21 January 2022

Professor é preso após estuprar aluna de 13 anos

Um professor foi preso nesta quarta-feira, 26, suspeito de estuprar uma aluna de 13 anos de idade em Goianésia, região central de Goiás. Segundo informações do G1, a Polícia Civil informou que o caso foi denunciado após o pai da adolescente descobrir que o homem levou a filha para um motel.

De acordo com a TV Anhanguera, o acusado também teria pedido fotos íntimas à menor de idade. A delegada Poliana Bergamo, da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Goianésia, responsável pelas investigações, disse que a corporação suspeita que outras estudantes podem ter sido vítimas do professor.

“Após ouvir algumas testemunhas que relataram que o professor mantinha conduta inapropriada dentro de sala de aula, com brincadeiras de caráter sexual, erótica, representamos pela decretação da prisão temporária, o mandado de prisão já foi cumprido. Ele foi ouvido, interrogado e recolhido no presídio local”, revelou Bergamo.

O homem deve responder responder pelo crime de estupro de vulnerável, quando a vítima do abuso sexual tem menos de 14 anos. Caso seja condenado, pode ficar preso por mais de 8 anos.

DENUNCIE – DISQUE 100

Saiba a quem recorrer em caso de suspeita de violência sexual infanto-juvenil:

Conselhos Tutelares – Os Conselhos Tutelares foram criados para zelar pelo cumprimento dos direitos das crianças e adolescentes. A eles cabe receber a notificação e analisar a procedência de cada caso, visitando as famílias. Se for confirmado o fato, o Conselho deve levar a situação ao conhecimento do Ministério Público.

Varas da Infância e da Juventude – Em município onde não há Conselhos Tutleares, as Varas da Infância e da Juventude podem receber as denúncias.

Outros órgãos que também estão preparados para ajudar são as Delegacias de Proteção à Criança e ao Adolescente e as Delegacias da Mulher. (Fonte: Unicef)

Facebook Comments