Data de Hoje
15 June 2021

Projeto “Samuzinho” beneficia estudantes de Lauro de Freitas

O grande número de trotes aos serviços de urgências em todo país, além de inviabilizar o salvamento de vidas com deslocamentos indevidos, encarece o serviço e sobrecarrega as demandas. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em Lauro de Freitas, tem atuado para minimizar esses danos, com a conscientização dos pequenos cidadãos, em uma parceria com a Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas (PMLF), por meio das Secretarias de Educação (Semed) e Saúde (Sesa).

Para tanto, a Semed e o Samu, reuniram-se nesta segunda-feira (10), na sede da secretaria, para entrega do cronograma do projeto “Samuzinho nas Escolas – II semestre 2015”. A proposta, como explica a Coordenadora de Enfermagem do Samu, Jandni Campos, é informar, sensibilizar sobre os danos causados pelos trotes, desde cedo. “É orientar de como, quando e porquê acionar o serviço Samu 192”, salienta.

De acordo com o Coordenador Geral do Samu,  Rogério Vieira, existe uma grande receptividade e  apreço por parte das crianças, com o assunto.  Segundo ele, o resultado dessa ação, somente nos Anos Iniciais da Rede Pública de Ensino,  tem sido surpreendente, onde já se contabiliza uma redução de 20% dos trotes, no município.

A Diretora de Divisão dos Anos Iniciais da Semed, Wedja Calixta, aponta que já foram atendidas 8 mil crianças, faltando 4 mil para concluir os trabalhos. “Os nossos pequenos levam tudo muito sério e no próximo 4 de setembro, reiniciaremos as ações educativas, totalizando em 3.481 alunos”, comemora.

O Secretário da Semed, Marcelo Abreu, enfatiza a atuação do Secretário de Saúde, Bruno Barreto,  nessa parceria com o Samu,  resultando em engajamento dos alunos. “É oportuno levar esse espírito de interface entre saúde e educação, para a sala de aula. O trabalho de conscientização com crianças é muito eficiente e o  Samuzinho é uma ação absolutamente cidadã e edificante”, conclui.

A cerimônia de encerramento do Projeto, será em novembro quando  43 escolas dos Anos Iniciais receberão o Selo de Certificação, como defensores da vida.

Facebook Comments