Data de Hoje
16 April 2021

Quadrilha de tráfico baiana faz ‘leis’ inspiradas no PCC

Uma das facções mais temidas do tráfico de drogas no Recôncavo baiano tem uma espécie de código de ética para “disciplinar” seus integrantes. No Estatuto da Katiara, que estabelece regras para membros da facção criminosa, tem desde regras para entrada de novos membros, como normas para empréstimos, comportamento de luto, caixinha mensal e ajuda para familiares de integrantes. Segundo reportagem do Correio*, as regras são adotadas pela facção que domina o tráfico de drogas em municípios do Recôncavo e tem ganhado espaço na capital. De acordo com o juiz Flávio Oliveira Lucas, titular da 18ª Vara Federal do Rio de Janeiro, as regras da Katiara “parecem quase copiados dos que são divulgados e atribuídos ao PCC”, facção criminosa com origem em São Paulo. A Katiara é liderada por Adílson Souza Lima, o Roceirinho, que está preso desde 2012, no presídio de Serrinha, na região sisaleira do estado. Antes de ser transferido para o presídio federal de Campo Grande, Roceirinho controlava o tráfico em Maragojipe, Salinas da Margarida, Itaparica, Nazaré das Farinhas, Vera Cruz, Santo Antônio de Jesus e Santo Amaro. 

Facebook Comments