Data de Hoje
28 July 2021
Foto reprodução

Réveillon 2018: Festa terá dois palcos, vila gastronômica, bicicletário e local garante crescimento da festa, diz Neto

A região do antigo Aeroclube Plaza Show reunirá dois palcos durante o festival da virada, entre os dias 28 de dezembro e 1º de janeiro de 2017: o principal, a Arena Cidade da Música, e um espaço alternativo situado no anfiteatro do Parque dos Ventos.  Em 55 mil m², a área ainda terá camarote; vila gastronômica; feira de economia criativa, ativações culturais, arte pop, ações de sustentabilidade; espaço kids; além da “Vila Pelô”, em homenagem ao Centro Histórico. No local ainda será instalado um bicicletário e uma roda gigante. O palco principal terá um cenário de três dimensões ocupando 800 m² de área coberta com iluminação em LED. De acordo com a prefeitura, toda a área foi avaliada por engenheiros e arquitetos e as instalações seguirão a topografia do local. Segundo o prefeito ACM Neto, a ideia é melhorar o acesso à praia, para fazer um Réveillon à beira-mar.

A mudança será radical. O Réveillon 2018 de Salvador sairá da Praça Cairu, no Comércio, para Orla da Boca do Rio, área do Parque dos Ventos, que passa a ser chamada de Arena Cidade da Musica, durante a festa. O prefeito ACM Neto (DEM), em coletiva, na manhã desta terça-feira (5). O espaço de 55 mil m² terá controle de público e acesso ao mar e à areia da praia, o que não era possível no antigo local do evento.
Na coletiva, o prefeito explicou a mudança. “Sentimos a necessidade de mudar de local em consequência de continuar garantindo o crescimento do Réveillon, que agora será casado com a areia, com o mar, que era uma cobrança de parte da população”.
O gestor municipal aproveitou também para comemorar o crescimento da festa. “Tínhamos o desafio de fazer o maior Réveillon musical do Brasil. Com o crescimento, o Réveillon agora virou um festival. Será o conceito que iremos trabalhar. É um festival como qualquer outro do mundo, mas que ninguém precisa pagar nada”.
Facebook Comments