Data de Hoje
9 May 2021

Ricardo Pessoa é alvo da CPI da Petrobras na quarta-feira

Na próxima quarta-feira (9), a CPI da Petrobras deve colher o depoimento do dono da UTC Engenharia, Ricardo Pessoa. Alvo de investigação da Operação Lava Jato, ele fez um acordo de delação premiada e confessou o pagamento de propina a fim de manter contratos com a estatal. Ele também admitiu ter feito doações eleitorais para campanhas de diversos políticos.

Ricardo Pessoa, acusado de corrupção e lavagem de dinheiro, afirmou em sua delação ter se encontrado sete vezes com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ter entregue R$ 2,4 milhões em dinheiro vivo para a campanha do petista em 2006, mas admitiu não saber se o petista tinha conhecimento que o dinheiro era ilegal.

O empresário é apontado pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal como o presidente do ‘clube vip’ das empreiteiras que se apossaram de contratos bilionários da Petrobrás entre 2004 e 2014. Pessoa foi preso em novembro de 2014, na Operação Juízo Final, etapa da Lava Jato que derrubou o braço empresarial do esquema de propinas na estatal.

O delator teve aproximadamente R$ 12 milhões bloqueados pela 13ª Vara Federal de Curitiba na época de sua prisão. Pelo acordo de delação, ficou estabelecido que deste total R$ 5 milhões seriam dados como pagamento da primeira parcela. O restante (R$ 7 milhões) seria liberado ao delator com a homologação da delação.

Por: Bocão News

Facebook Comments