Data de Hoje
20 April 2021
Ônibus pararam na Estrada co Coco (Foto: Natally Acioli/G1)

Rodoviários protestam contra assaltos a ônibus em Lauro e congestiona Estrada do Coco

Os Rodoviários dos transportes coletivos metropolitanos de Lauro de Freitas pararam as atividades e realizaram uma manifestação cobram mais segurança na manhã desta terça-feira (6), na BA-099, Estrada do Coco. O ato teve início a partir do quilômetro dois da rodovia, no sentido Salvador, segundo a Superintendência de Trânsito de Lauro de Freitas.

De acordo com relatos dos profissionais, motoristas, cobradores e passageiros estão sendo sequestrados, juntamente com os veículos, e levados para a região do CIA.

Os rodoviários devem permanecer no local até às 16h de hoje. Agentes da Superintendência de Transportes de Lauro de Freitas solicitaram a liberação de duas faixas da pista para que a retenção no trânsito, que já atinge o quilômetro 7,5 da Estrada do Coco, possa fluir no sentido Salvador.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) afirma em nota que tem se esforçado para reduzir o número de assaltos a ônibus em Salvador e Região Metropolitana. Ainda segundo a nota um Comitê Integrado de Defesa do Transporte Rodoviário foi criado por representantes da SSP, incluindo as polícias Militar e Civil, além de membros do Sindicato dos Rodoviários da Bahia, do Ministério Público, Tribunal de Justiça, da Defensoria Pública, Sindicato de Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador (Setps) e da Prefeitura de Salvador “para discutir iniciativas práticas de cada instituição envolvida no processo que resultem na maior proteção do sistema de transporte coletivo”.

Para o Secretário de Segurança, Maurício Barbosa, “paralisar as atividades sem nenhuma comunicação prévia não ajuda a resolver o problema, apenas promove prejuízos àqueles que mais precisam”. Ele explica que as ações da polícia têm resultado em uma diminuição dos assaltos a ônibus em Salvador de janeiro a julho em 11%.

Por Click Notícias / inf. A Tarde
Facebook Comments