Data de Hoje
17 September 2021
Foto: Reprodução

Rui Costa cogita contratar 1/3 dos concursados da Polícia Civil

Em resposta à campanha realizada na internet para contratação dos concursados da Polícia Civil, o governador Rui Costa (PT) afirmou que pretende contratar cerca de 1/3 do número dos que realizaram a prova, equivalente a 250 dos 800 que reivindicam nomeação. O chefe do estado ressaltou que espera parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para ter ciência de quantos policiais poderão ser nomeados.

Em entrevista ao site Bocão News, Rui lembrou que a lei de responsabilidade fiscal afirma quando ultrapassado o limite prudencial o Executivo não pode contratar pessoas, exceto em substituição de casos de aposentadoria e óbitos.

O governador explicou o fato de não contratar os profissionais “Só vou aguardar este retorno do TCE. Eu não posso, estou proibido pela lei, dar reajuste e de que contratar pessoas. Se eu fizer isso à revelia da PGE e do TCE eu terei, eventualmente, as minhas contas rejeitadas. Quero contratar o maior número possível, mas só contratarei o número que TCE e PGE me referendar. A consulta que fiz é que contabilize todos os aposentados e eventuais óbitos da data de publicação até agora”. Finalizou.

Click Notícias

Facebook Comments