Data de Hoje
6 August 2021
Foto reprodução

Rui diz que a prefeitura não colocou um real na obra do metrô

O governador Rui Costa (PT) voltou a cobrar a paternidade do metrô de Salvador, em entrevista hoje (02) na Rádio Metrópole. O petista se mostrou incomodado com a divulgação de anúncios que diziam que a inauguração do modal teve responsabilidade do governo federal e da Prefeitura de Salvador.

“As matérias de cada governo deveriam ser verdadeiras, sinceras, e não é assim. Sou grato muito ao presidente Lula e a presidenta Dilma que lá atrás apoiaram a ideia de retomar a obra do metrô. O primeiro contrato do metrô foi assinado em 1999, em 2000 a obra começou, eu inclusive era vereador. O prefeito era Imbassahy. O governo municipal em todos esses anos não colocou um real sequer na obra do metrô, nem antes e nem depois”, disse Rui.

Além disso, ele assegurou que o Governo do Estado seguirá honrando com os compromissos firmado com o Governo Federal. “Originalmente uma parte do recurso foi do governo federal, e lá atrás o estado comprou os primeiros trens que chegaram em 2007, 2008. Ficamos patinando porque o município para tocar um projeto dessa envergadura. Em 2013 passamos para o governo do estado. Temos R$ 1,2 bilhão. O total que será investido, recurso da União. O total é R$ 7 bilhões. Uma parte dele é um empréstimo que o Governo do Estado tomou e vai pagar e outra parte é empréstimo que a área privada tomou e que vamos pagar também. Mais de 2/3 dos recursos do metrô sairão do caixa do Governo da Bahia. Infelizmente, cada um faz o que quer, diz o que quer. O importante é o que a população sente por ter retomado a obra. Uma obra que já foi piada e hoje somos parabenizamos por estarmos tocando uma obra dessa envergadura mesmo com a crise”, declarou.

Rui voltou a afirmar que teve “coragem e determinação” para tocar a obra quando era secretário no governo de Jaques Wagner. “Não são só recursos não, quero perguntar a você e ao povo da Bahia, se não fosse a coragem e determinação, em janeiro de 2012, eu era secretário de Wagner, se não fosse ele naquele momento que virou pra mim e perguntou se tinha condições de puxar o metrô pro governo, fazer uma modelagem, botar de pé? Isso em 2012. Conseguimos trazer. Temos que reconhecer o trabalho de uma equipe grande que fez a modelagem, estudos pra consertar o que estava errado e colocar o metrô pra funcionar”, afirmou o governador.

Facebook Comments