Data de Hoje
14 May 2021

Saiba como proteger sua casa durante o Carnaval

 

O gerente-geral de condomínios da Apsa, Jean Carvalho, aponta alguns cuidados que o proprietário deve ter para manter o lar seguro e evitar possíveis dores de cabeça. “Tem que checar portas e janelas para garantir que estão bem fechadas, fechar a saída de gás de fogões e aquecedores e olhar todas as torneiras e chuveiros para que não fiquem vazando”, lembra e aconselha que melhor é até fechar os registros.

“Alguns cuidados parecem óbvios, mas como são muitas áreas da casa, às vezes, as pessoas esquecem de olhar todos os locais”, complementa.

Segundo Jean, também é importante desligar aparelhos eletrônicos como televisores, ventiladores e outros que possam ficar fora da tomada. No caso de apartamentos que possuam peixes ou passarinhos, por exemplo, é necessário pedir a um conhecido para fazer visitas ao apartamento e checar se está tudo certo. Nesse caso é preciso orientar os porteiros sobre quem tem autorização para entrar no apartamento durante período da viagem.

Desligar a campainha e o telefone evita que percebam que não há pessoas em casa. Já a crença de que deixar a luz acesa para pensar que há gente é pouco eficiente. “Ninguém deixa a luz acesa durante o dia. O ideal é instalar uma luz de vigia, que acende apenas quando está escuro”, opina o representante da Apsa.

Edval Filho, tenente coronel da Polícia Militar e professor do curso de pós-graduação em Segurança em Grandes Eventos do Centro Universitário Estácio da Bahia, explica que antes de viajar é preciso avisar no condomínio. “Informar ao síndico e a um vizinho que estará fora e solicitar que fiquem atentos a qualquer movimentação suspeita. Deixar uma luz acesa, preferencialmente, a dos fundos da casa é bom. Se for apartamento, a do sanitário deve ficar ligada”, diz Edval.

Para quem vai ficar em Salvador, Edval, que também é professor titular da Academia de Polícia Militar e especialista em Segurança Pública, diz que é preciso cuidado. “Se não for para a folia, prefira diversão em shoppings e restaurantes, em ambientes fechados. É recomendável passear apenas em locais com policiamento reforçado: Pelourinho, Parque da Cidade, Lagoa do Abaeté e Parque de Pituaçu”.

O retorno ao lar também deve ser levado em consideração. “Quem volta de viagem está cansado. É sempre bom encontrar uma casa limpa e arejada, pronta para nos receber. Por isso, tente refrescar o ambiente, deixando os basculantes, que são inofensivos, abertos”, finaliza Carvalho.

Facebook Comments