Data de Hoje
23 April 2024

Saúde nos Bairros define as próximas paradas; confira quais são

Foto: Adam Vidal/GABVP

O programa Saúde nos Bairros, promovido pela Prefeitura de Salvador, chega à marca de 50 mil procedimentos de saúde realizados em benefício dos moradores do Tororó, Jardim das Margaridas e Bosque das Bromélias.

O balanço foi apresentado pela vice-prefeita e titular da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Ana Paula Matos, que anunciou os bairros Calabetão e Bom Juá como os próximos destinos da iniciativa, que percorrerá os 12 Distritos Sanitários de Salvador.

No Jardim das Margaridas, foram concretizados 11.028 procedimentos. Com atendimentos iniciados em 28 de abril, a estrutura do Tororó superou a marca de 20 mil procedimentos realizados.

Já o Bosque das Bromélias contabilizou 17 mil atendimentos, entre consultas médicas de atenção especializada, realização de ecocardiografia transtorácica, eletrocardiograma, mamografia bilateral para rastreamento, ultrassonografias de abdome total, tireoide mamaria bilateral, pélvica (ginecológica), doppler colorido de vasos, solicitação por procedimentos de especialidades diversas, exames de laboratório, raio x e pediatria.

Conforme avaliação de Ana Paula Matos, a presença do programa nessas comunidades garantiu inúmeros benefícios para a população, especialmente para quem teve a assistência integral comprometida com a pandemia da Covid-19.

“Os números apresentados demonstram o êxito do programa. O município segue cumprindo com o propósito de diminuir ou zerar demandas reprimidas, nas comunidades visitadas, promovendo saúde e melhorando a qualidade de vida da população, para garantir que suas principais necessidades sejam prontamente atendidas com qualidade, agilidade e segurança”, declarou.

Como funciona o Saúde nos Bairros

Os atendimentos e exames são realizados em unidade móvel montada e estrutura completa de equipamentos para atender especialmente à demanda represada por conta da Covid-19. A SMS avalia os gargalos e demandas de cada região para que a oferta de serviços contemple as necessidades específicas dos seus moradores.

Outro ponto de destaque é que o projeto visa levar saúde aos que mais precisam, evitando gastos com transporte e otimizando o tempo, especialmente para trabalhadores, mães e pais de família.

Para ter acesso, os interessados devem apresentar cartão SUS, RG, e guia dos exames pretendidos, caso tenha. Alguns atendimentos foram previamente agendados, por meio do sistema Vida+ para os usuários que já estavam cadastrados.

Também ocorrem atendimentos por demanda espontânea para os moradores da região e comunidades adjacentes, sendo essas vagas limitadas aos serviços e procedimentos disponíveis no dia.