Data de Hoje
17 April 2024

Saúde retoma vacinação contra poliomielite em todas as salas de vacinação a partir desta segunda (12)

Foto: Bruno Concha/ Secom
Texto: Ascom/ SMS

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) retoma nesta segunda-feira (12) a oferta da vacinação contra poliomielite nas 160 salas de imunização da rede básica, das 8h às 17h. No último mês de maio, diante do fornecimento irregular e para otimizar o uso de doses por frasco, evitando perdas, a SMS estabeleceu unidades de referência para aplicação do imunizante. Porém, o fornecimento foi regularizado e está novamente disponível em 100% das salas de vacinação.

A vice-prefeita e secretária de saúde Ana Paula Matos comemora a volta da normalidade na oferta do imunizante. “Estamos contentes com a retomada da vacina contra a pólio em 100% das nossas salas de vacina; é garantia integral da imunização para as nossas crianças soteropolitanas, pois a vacina assegura a proteção contra a doença por toda a vida”, afirma.

Doiane Lemos, coordenadora de imunização de Salvador, reforça que é essencial manter em dia a atualização da caderneta com a vacinação de rotina. “Destacamos a importância da vacinação infantil para a prevenção da poliomielite, por isso convidamos pais e responsáveis a comparecerem às unidades de saúde para manter a caderneta de vacinação das crianças atualizada”, orienta Doiane.

Imunização – A Vacina Poliomielite Oral (VOP) faz parte do calendário básico de vacinação das crianças, sendo administradas como dose de reforço aos 15 meses e 4 anos. O esquema primário é feito nas crianças menores de 1 ano, com a Vacina Poliomielite inativada, aos 2, 4 e 6 meses, por via intramuscular.

A poliomielite, ou paralisia infantil, é uma doença infectocontagiosa viral aguda que atinge principalmente crianças de até 5 anos. Também conhecida como pólio ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus, que pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas doentes e provocar ou não paralisia.

Tríplice Viral – A vacinação tríplice viral segue ainda sendo ofertada – exclusivamente e em caráter temporário – nas seguintes unidades:

USF Curralinho; USF Pituaçu; USF Cajazeiras IV; USF Yolanda Pires;UBS Nelson Piauí Dourado; UBS Pires Da Veiga; USF Vale Do Cambonas; UBS Cecy Andrade; UBS José Mariane; UBS Orlando Imbassahy; UBS São Cristóvão; UBS Frei Benjamin; UBS Marechal Rondon; UBS Péricles Laranjeira; UBS Clementino Fraga; USF Lealdina Barros; Multicentro Adriano Pondé; USF Santa Luzia; Ubs Mário Andréa; UBS Cosme De Farias; USF Gambo; UBS Barbalho; UBS Ramiro De Azevedo; UBS José Maria Conceição Santiago Imbassahy; Multicentro Liberdade; USF Plataforma; USF Teotônio Vilela II; USF Ilha Amarela; UBS Periperi; UBS Sérgio Arouca; UBS Ministro Alkimin; USF Joanes Leste; USF Mata Escura; UBS Rodrigo Argolo; UBS Engomadeira; USF Calabetão; UBS Edson Teixeira.

O imunizante previne contra sarampo, caxumba e rubéola. No Calendário Nacional de Vacinação, está disponível para pessoas de 12 meses a 59 anos de idade, sendo recomendadas duas doses até 29 anos e uma dose.