Data de Hoje
21 February 2024
Secretária Municipal de Ordem Pública Rosemma Maluf / Foto: Reprodução

Secretária condena caixas de isopor no Rio Vermelho, mas desconsidera o termo “rapa”

A secretária municipal de Ordem Pública, Rosemma Maluf, acusada de promover “rapas” na cidade, mesmo com isso, ela rejeita o termo que é constantemente utilizado nas ruas e nas redes sociais, após as ações dos prepostos.

Sobre os investimentos no bairro do Rio Vermelho, ela afirma que, ao contrário do que é propagado, não se concentra apenas sobre o comércio ambulante, estendendo o foco à utilização dos espaços públicos (cadeiras nas calçadas) por bares e restaurantes.

De acordo com a chefe da pasta, existe um número estipulado de trabalhadores regulamentados para cada região, por isso o rigor. “Não podemos deixar que o dia a dia do Rio Vermelho vire uma festa de largo”, disse, condenando o uso de caixas de isopor na localidade.

Em uma entrevista para uma rádio local da capital baiana, Rosemma defendeu os prepostos da Semop e revelou rejeitar o rótulo de “rapa”. “Eu aboli este termo da gestão”, disse, classificando-os como agentes de fiscalização, que cumprem determinações previamente discutidas e sob seu aval. Ainda segundo ela, as medidas atendem o interesse coletivo.

Por Click Notícias