Data de Hoje
1 December 2021

Semob nega existência de empresa preferida para reformulação de Zona Azul

zonaazul

 

O secretário municipal de Mobilidade (Semob), Fábio Mota, desmentiu as informações que circulam quanto à existência de uma empresa preferida no processo de reformulação do estacionamento público em Salvador, a conhecida Zona Azul. Em entrevista ao Bahia Notícias nesta segunda-feira (3), Mota esclareceu que duas empresas responderam à Proposta de Manifestação de Interesse (PMI) para realização de estudos de demanda e grau de investimento, mas uma delas está inabilitada por não atuar no ramo. “Existe uma empresa que se habilitou na PMI para fazer estudos, então, ela está fazendo estudos de demanda, grau de investimento para aumentar o número de vagas. Esses estudos serão entregues para gente, depois vamos fazer o termo de referência e abrir o processo licitatório”, explicou o secretário. Segundo o gestor, ainda não existem critérios para definir o vencedor da licitação, já que os estudos ainda não foram concluídos. Mota aproveitou a ocasião para esclarecer que a prefeitura não vai privatizar os espaços públicos, mas realizar a concessão da gestão das áreas. Os guardadores dos veículos que atualmente trabalham no sistema Zona Azul devem ser aproveitados pela empresa vencedora da concessão, conforme reafirmou Mota. “Será contratado, terá carteira assinada, INSS, FGTS. Vai deixar de ser autônomo para ser contratado pela empresa que vier a ganhar”, disse, reiterando que o funcionário vai deixar de ser guardador para ser fiscal. “Depois do estudo vamos definir como será a gestão e o sistema de estacionamento. Está muito incipiente. Isso concluído, o guardador de carro será absorvido 100% por quem ganhar”, destacou Mota. O Sindicato dos Guardadores e Lavadores de Veículos Automotores do Estado da Bahia (Sindguarda) foi procurado para comentar o assunto, mas a reportagem do Bahia Notícias não obteve retorno. Atualmente, Salvador conta com cerca de 700 mil carros para 8 mil vagas em Zona Azul, de acordo com a Semob

Facebook Comments