Data de Hoje
20 January 2022

Sertanejo Zezé di Camargo bate de frente com YouTube em polêmica

Desde que as lives no YouTube tomaram as graças do público, inúmeras mudanças foram feitas, principalmente por conta de recente polêmicas. Vale lembrar que, após o cantor sertanejo Gusttavo Lima ser representado eticamente pelo CONAR, a plataforma exigiu algumas mudanças. Quem não está satisfeito com isso é Zezé Di Camargo.

Entre as mudanças, estão o respeito aos direitos autorais das músicas cantadas por lá e a restrição a bebidas alcoólicas. Em conversa com o jornalista Leo Dias, o cantor sertanejo Zezé di Camargo, do duo com Luciano, comentou estas polêmicas.

“Algumas músicas nós tivemos participações, mas não temos o direito pra gravação. O YouTube entende que fazer uma live e deixar no canal é uma gravação. Eu não concordo. Mas não quero nossa live derrubada”, disse o músico, que se apresentará nesta segunda-feira (20), ao lado de Chitãozinho, Xororó, Luciano e Leonardo, na live do grupo ‘Amigos.

O músico bateu de frente com a plataforma de streaming: “Saíram notícias de que as músicas mais cantadas nas lives são de Zezé di Camargo e Luciano. Wesley Safadão, Alexandre Pires, César Menotti e Fabiano, Gusttavo Lima cantaram. Todos cantaram músicas nossas, não estou entendendo por que o Youtube proibiu”, disse, segundo Leo, surpreso, continuando: “Sinceramente, acho que o YouTube não tem poder para proibir as músicas, são nossas, quem manda nas músicas são os cantores e editora”.

Por fim, o cantor sertanejo afirmou que espera que o os outros músicos não pensem que foi o próprio Zezé di Camargo que proibiu de cantar: “Única coisa que eu não quero é que achem que sou eu que estou proibindo de cantarem. Se é o YouTube, eu não sei que regra é essa e o que exigem. Não entendi e não sei como vai ser feito. Então, quer dizer que se eu quiser cantar uma música de outro artista eu tô f***? Complicado”.

Facebook Comments