Data de Hoje
27 September 2021
Funcionário da prefeitura é preso por desvio de mais R$ 100 mil (Foto: Luciano da Matta / A Tarde)

Servidor é preso por desviar verba de desabrigados

Um funcionário da Prefeitura de Salvador foi preso nesta sexta-feira, 25, acusado de desviar mais de R$ 100 mil destinado ao auxílio de desabrigados por conta das chuvas que atingiram a cidade este ano.

Thiago Santos Lima foi detido durante “Operação Chuva”, da Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap), para investigar desvio de verba da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps).

O acusado era gestor do Fundo Municipal de Assistência Social, vinculado à Semps. Ele tinha uma senha que liberava verba para desabrigados por conta da chuva.

Durante a ação, os policiais apreenderam cerca de R$ 68 mil, além de um tablet, cinco celulares, dois notebooks, um HD e um computador que ele usava para realizar a fraude.

Denúncia

A polícia começou a investigar a fraude depois de receber denúncia da própria prefeitura. Em auditoria interna, que ocorre regulamente, o governo desconfiou da irregularidade quando percebeu que ele repassou R$ 4.200 para uma das vítimas. O alto valor chamou a atenção.

A suspeita é que ele inscrevia pessoas que não necessitava do benefício. Com isso, ele recebia o dinheiro. Caso a fraude seja confirmada, Thiago vai responder por crime de peculato.

Estudantes envolvidos

Nove universitários também são suspeitos de participar do esquema criminoso. Eles foram conduzidos para a delegacia, onde prestaram depoimento. Não há mandados de prisão nos nomes deles.

A polícia verifica se Thiago conhecia todos os estudantes ou apenas um que teria incluído o nome dos demais no esquema.

Por A Tarde / Inf. Luana Almeida
Facebook Comments