Data de Hoje
17 June 2024
Foto: Reprodução

Servidora pública é exonerada de cargo ao pegar atestado e viajar pra Madri

A coordenadora do Programa de Saúde Bucal do Ministério da Saúde, Patrícia Lima Ferraz, foi exonerada do cargo depois que usou atestado médico para não ir trabalhar e compartilhou imagens se divertindo com as amigas em Madri, na Espanha. Patrícia conjugou os três dias de licença médica com o fim de semana e, segundo ela, usava para um tratamento de saúde. Porém, as imagens compartilhadas em pontos turísticos da cidade eram acompanhadas de legendas como “Soltas em Madri” e “Férias 2016”.

De acordo com a “Coluna do Estadão”, do jornal “O Estado de S. Paulo”, a exoneração da servidora foi publicada nesta terça-feira (13) no Diário Oficial. O Ministério da Saúde não se manifestou sobre a decisão.

A viagem aconteceu durante o feriado de finados, no início do mês de novembro. Ela embarcou no dia 1º de novembro e retornou ao Brasil no dia 8. “Tirar fotos todos tiram. Isso não altera em nada minha licença”, disse Patrícia em uma entrevista concedida por telefone à revista Veja.

Na época, o Ministério da Saúde afirmou que a coordenadora custeou a própria viagem e que não afirmou se o pedido de licença médica foi fornecido por um médico brasileiro ou formado no exterior. “Trata-se de uma questão particular que foge totalmente de sua atuação no Ministério da Saúde”, disse a nota.

Com informações do Correio