Data de Hoje
23 October 2021
Foto: Reprodução

Servidores da Saúde paralisam atividades em ato contra “reajuste zero”

Os servidores estaduais da Saúde e o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado da Bahia (Sindsaúde-Ba) participam de uma paralisação nesta quarta-feira (4), durante ato que será realizado na Governadoria, a partir das 9h. Segundo a categoria, a manifestação dá continuidade à campanha salarial 2016.

O movimento foi convocado pela Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia (Fetrab) e eles pedem a participação de diversas entidades que cobram do governo do estado uma resposta sobre o reajuste salarial 2016 dos trabalhadores.

“Muitos servidores já se encontram com salário base abaixo do mínimo. A situação dos servidores da Saúde é ainda mais dramática, pois a categoria vem acumulando perdas de direitos, através de medidas perversas praticadas pelo governo do estado nos últimos dois anos”, afirma o Sindsaúde.

Ainda de acordo com o sindicato, os servidores já tiveram perdas de mais de 18% em três anos, sendo 10,67% somente em 2015 e o restante resultado da política de parcelamento do IPCA em 2013 e 2014.

“O governo alega que não possui recursos, mas vem praticando um ajuste fiscal que penaliza somente o funcionalismo público, com as mudanças praticadas no Planserv e o corte de diárias e gratificações. Os servidores já declararam que não vão abrir mão do reajuste salarial 2016. As entidades não vão aceitar mais esta medida desrespeitosa e perversa promovida pelo gestor estadual, que vem retirando direitos e confiscando o salário dos trabalhadores”.

Por Metro1
Facebook Comments