Data de Hoje
20 September 2021

Shoppings devem fazer acordo sobre estacionamento para funcionários até outubro

O Ministério Público do Trabalho da Bahia (MPT-BA) deu o prazo de até o dia 2 de outubro para que os shoppings e sindicatos de trabalhadores que atuam nesses estabelecimentos cheguem a um acordo sobre a cobrança pelo uso das vagas nos seus estacionamentos. O prazo final foi estipulado na tarde desta quinta-feira (10), na sede do órgão, no Corredor da Vitória, durante a terceira rodada de negociações da mediação conduzida pela procuradora Cleonice Moreira. Caso não haja acordo, o MPT pode ingressar com ações contra cada shopping na Justiça do Trabalho. Segundo a procuradora, um acordo pode sair. Nessa última rodada, os sindicatos dos Comerciários e dos Bancários alegaram não ter tido tempo para consultar a categoria sobre a proposta construída na última reunião, realizada dia 26 de julho, quando ficou estabelecido os valores a serem praticados de R$ 75 para carros e R$ 45 para motos, por mês. Novas assembleias serão convocadas para discutir a proposta. O representante do Shopping Bela Vista, que anunciou que vai começar a cobrar o estacionamento para clientes, também será convocado para a reunião. Os shoppings Lapa e Piedade têm adotado afirmam que dispõem de poucas vagas e praticam valores mais altos do que os demais, inclusive para funcionários. O Shopping Paralela, até o momento é o único que vem adotando uma cobrança de mensalidade para funcionários de lojas de R$60.

Por: BN

Facebook Comments