Data de Hoje
20 January 2022

Simões Filho está em plena escuridão o povo pede socorro ao ministerio público pelo descaso da prefeitura

Lâmpadas queimadas ou com mau contato deixando ruas escuras é uma cena comum nos bairros de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O fato causa transtornos e gera insegurança aos moradores.

Para quem não sabe, a iluminação pública é municipalizada em Simões Filho, portanto, se a lâmpada queimou ou se a população quer uma potência maior, é o município quem tem que fazer essa manutenção. A iluminação também está diretamente ligada à questão da segurança pública. Ficar na escuridão cria um clima de insegurança, pois favorece a ação de bandidos, além de ser perigoso para a locomoção de pessoas e veículos, já que facilita a ocorrência de acidentes.

Em Simões Filho, o problema das ruas escuras é sentido em diversos bairro periféricos da cidade. No conjunto residencial Parque Universitário II, no bairro Vida Nova, por exemplo, a situação é bastante crítica. Segundo a comunidade, a entrada do condomínio está totalmente às escuras e a quadra poliesportiva, no breu. Moradores relatam que a noite ninguém sai de casa, exceto, em casos de trabalho ou extrema necessidade. [Veja vídeo no final da matéria]

No bairro Santo Antonio Rio das Pedras a situação é parecida. A comunidade sofre com trechos escuros e clama por providências urgentes.

Os casos apresentados acima é o retrato da maioria dos bairros de Simões Filho. Diariamente, o SIMÕES FILHO ONLINE recebe denúncias em que os moradores reivindicam a troca de lampadas queimadas em suas ruas.

Contrato milionário

O prefeito Diógenes Tolentino prometeu, durante a eleição de 2016, que Simões Filho seria transformada e teria até iluminação de LED na cidade. O tema também é pauta do plano de governo do atual gestor com a seguinte promessa: “Revisar e implantar Novo Plano de Iluminação Pública de Simões Filho, com foco em aumento dos níveis de segurança e conforto do cidadão, redução de custos e uso de tecnologia LED para melhoria no controle e gestão”, diz o plano de governo.

Na região central da cidade a iluminação a LED foi até implantada, mas com lâmpadas de péssima qualidade. De acordo com a população, elas queimam ou enfraquecem rapidamente. Tal situação também reacende a indignação da população com a iluminação publica do município.

Apesar de boa parte da população não ter conhecimento desta informação, a iluminação pública de Simões Filho foi terceirizada pelo atual gestor municipal. A empresa Avante Serviços de Transportes e Urbanismo LTDA-ME assumiu a responsabilidade ao assinar um contrato milionário com a prefeitura.

Esta empresa é especializada para execução de manutenção preventiva e corretiva, visando a correção de falhas apresentadas em pontos de iluminação pública nas vias e praças da cidade, com fornecimento total de materiais e mão de obra. O valor pago a empresa é de R$ 2.669,640,15 (dois milhões, seiscentos e sessenta e nove mil, seiscentos e quarenta reais e quinze centavos). A empresa deverá prestar o serviço por um ano. O contrato é válido de 06 de junho de 2018 à 05 de junho de 2019. Ou seja, já se passaram cinco meses de contrato e pouca coisa mudou nos bairros da cidade.

Contrato para manutenção da Iluminação

Na Câmara Municipal, apenas um vereador cobrou ao prefeito Dinha providencias para resolver o problema. O vereador Eri Costa (Dem), que pertence a base do gestor municipal, chegou a criticar a atual administração no que tange a iluminação pública. Na ocasião, Eri ressaltou que era necessário medidas urgentes.

“Queria também deixar uma critica para o prefeito da cidade, que melhore a iluminação que não tá boa. Senhor prefeito mesmo sendo da sua base venho aqui criticar, a iluminação da cidade precisa de um reparo urgente”, disse Eri na tribuna durante a Sessão Ordinária do dia 18 de agosto.

Outro lado

SIMÕES FILHO ONLINE entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de Simões Filho e solicitou informações acerca do contrato e o que tem sido feito para resolver o problema da Iluminação Pública no município. A reportagem também questionou se existe um prazo especifico para regularizar a situação e quais bairros já foram beneficiados.

Até a publicação desta matéria, a assessoria da prefeitura não respondeu aos questionamentos feitos pelo SIMÕES FILHO ONLINE e não ofereceu nenhum posicionamento.

Veja vídeo da população:

Fonte : Simões Filho on line
Facebook Comments