Data de Hoje
23 October 2021

Sindseps diz que prefeitura quer desviar o foco das acusações de Paupério

Por meio de nota, o Sindicato dos Servidores Municipais de Salvador (Sindseps), acusou a prefeitura de tentar desviar o foco das denúncias contra o secretário municipal de Gestão, Alexandre Paupério, colocando em evidência o caso do desvio de dinheiro da Operação Chuva. Na última sexta-feira (25), a Secretaria de Promoção Social apresentou os nomes de cada universitário integrante do esquema que desviava dinheiro do Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS) que deveria ter sido destinado aos desabrigados das chuvas da capital baiana. 

A entidade afirma que este caso policial não pode servir como nuvem para encobrir a ação proposta pelo Ministério Público da Bahia (MP/BA) que aponta desvios de cerca de R$ 40 milhões em convênios na Secretaria Municipal de Educação e Cultura. “Todas as irregularidades e condutas criminosas devem ser combatidas e punidas na forma da Lei. Temos visto o que acontecia em outrora, quando uma acusação explodia contra algum figurão, pastas coloridas traziam dossiês como forma de tirar o foco. Agora, o nome de nossa profissão está sendo manchado propositalmente para atingir quem sempre tem defendido a lisura na máquina pública”, diz a nota.

“Um amigo do alto escalão é nomeado para cuidar do dinheiro público e rouba impiedosamente aqueles que vivem a tristeza de estarem desabrigados. Seus chefes aproveitam e lhe entregam na bandeja para tentar desviar o foco das denúncias feitas pelo Ministério Público”, declarou o coordenador geral do Sindseps, Everaldo Braga.

Fonte: Tamirys Machado- Bocão News/ Foto Montagem Click Notícias
Facebook Comments