Data de Hoje
28 January 2022

Subtenente da PM, mulher e filho são achados mortos em apartamento na Pituba

O subtenente da Policia Militar Cláudio Guimarães Müller de Azevedo, a mulher dele e o filho do casal foram achados mortos nesta quarta-feira (15), em um apartamento localizado no Loteamento Aquárius, no bairro da Pituba, em Salvador Informações preliminares da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) apontam que as vítimas foram mortas a tiros.

Vizinhos teriam ouvido o som dos disparos durante a madrugada desta quarta-feira, mas as vítimas só foram encontradas durante a manhã, após a Polícia Militar ser acionada. Por volta das 14h30 os corpos da família ainda estavam no apartamento. Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) está no local e realiza a perícia. A Polícia Civil investiga a motivação e autoria do crime. Em nota, a Polícia Militar lamentou as mortes e informou que Cláudio Guimarães tinha 43 anos, era lotado na 35ª CIPM (Iguatemi) e há 18 anos integrava fazia parte da corporação. 
Médico legista presente na cena do crime confirmou ao site Varela Notícias quee se trata de um homicídio seguido de suicídio. O crime aconteceu no Edifício Arpoador, na Rua Clara Nunes, na Pituba.

Em postagem feita no Facebook do PM, o homem havia publicado uma foto no qual aparecia sorrindo e com uma legenda de uma música do cantor Gabriel, o pensador, e falava sobre suicídio e vida curta.

 

Mulher morta pelo marido na Pituba compartilhou vídeo de depressão há um mês.

Porém, pelo Facebook de Catarina, é possível perceber que a família sofria de depressão. Em uma postagem compartilhada por ela em fevereiro, a fisioterapeuta e professora de pilates, mostrava um vídeo falando sobre como é viver com a doença.

 

 

Facebook Comments