Data de Hoje
26 May 2022
Foto divulgação

Suíca defende Pelegrino e diz “que há um processo para macular a imagem de lideranças do PT”

O vereador e líder do PT na Câmara de Salvador, Luiz Carlos Suíca, defendeu, nesta quarta-feira (12), o deputado federal Nelson Pelegrino, alvo de inquérito na Operação Lava Jato. De acordo com Suíca, existe um processo político em curso para macular as imagens de grandes lideranças do Partido dos Trabalhadores, como o ex-presidente Lula, e agora o senador Lindberg Farias e o baiano Pelegrino. Para o petista, a lista divulgada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator da Lava Jato, Edson Fachin, “revela que a corrupção se cristalizou no governo de Fernando Henrique Cardoso”.

“O PT não é protagonista da corrupção no país. Enquanto líder do PT, não podemos aceitar que se condene alguém antes de ser julgado. Mas não podemos fechar os olhos para essa política que macula e atinge as grandes lideranças do PT. Não podemos esquecer da importância da luta de Lindberg, dos ‘caras pintadas’, da juventude quando foram às ruas contra Collor”, salienta.

Suíca ainda aponta que “não se pode aceitar que Lula e Pelegrino, responsáveis pelo fortalecimento, crescimento e fundação de diversos sindicatos no país e na Bahia, para lutar em favor dos interesses dos trabalhadores e trabalhadoras, sejam execrados dessa maneira”.

“É preciso apuração, não existe condenar grandes lideranças sem uma verdadeira apuração. Não pode condenar pelo simples fato de uma pessoa querer se livrar da cadeia e delatar todos e tudo, não pode ser assim. Tenho orgulho de ter marchado com Nelson nas lutas dos vigilantes, por exemplo, e tantos outros atos que atuamos juntos”, completa.

 

Facebook Comments