Data de Hoje
3 December 2021

Suíca pede que governo consulte a população sobre adesão a horário de verão

A polêmica sobre a adesão ou não ao horário de verão pelo estado da Bahia vem à tona todos os anos. Tido por muitas pessoas como um período de equilíbrio econômico das empresas, o assunto divide opiniões. Por essa questão, o vereador de Salvador, Luiz Carlos Suíca (PT), sugere que antes de qualquer decisão, o governo estadual deve fazer uma consulta simples à população. “É polêmico e divide a população. Para alguns a mudança de horário não faz diferença, mas para outros é um momento de adaptação que demora para acontecer, desregula os hábitos diários e muda parte do cotidiano de trabalhadores que precisam levantar uma hora mais cedo para ir para o serviço”, aponta o edil.

 

Para o vereador petista, a intenção “é mensurar e avaliar quais pontos são considerados pela população acerca do horário de verão, não apenas se são contra ou a favor”. Suíca diz que diferentes setores o procuraram para tratar do assunto. Ainda conforme o edil, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) reduziu em 18% o valor da tarifa da bandeira vermelha, taxa cobrada aos usuários que pagam o custo mais alto de energia. “Isso já auxilia a reduzir ainda mais do gasto com energia. O horário de verão na verdade beneficia os grandes empresários, para o trabalhador acredito que não seja uma medida bem vinda. No caso do usuário comum do sistema elétrico, o valor adicional para cada 100 kWh consumidos cai de R$ 5,50 para R$ 4,50, sem o horário de verão”

 

Conforme a Aneel, isso corresponde a uma redução de dois pontos percentuais no custo da conta de luz. “Pode ser que na lógica essa redução também chegue aos usuários, mas por outras políticas adotadas pelo governo federal”. A decisão da agência foi adotada devido à redução no custo de produção de energia decorrente do desligamento de 21 termelétricas, com custo variável unitário maior que R$ 600 MWh, aprovada no início deste mês.

 

Fonte Ascom do Vereador Luiz Carlos Suíca

Facebook Comments