Data de Hoje
18 September 2021
Foto: Reprodução

Taxistas sem alvará vão à Câmara pedir liberação do Uber em Salvador

A pressão para liberação do Uber em Salvador chegou à Câmara Municipal de Salvador. Uma comitiva, formada por grupo de taxistas que não possuem alvará e pagam diárias aos proprietários da licença, vai se reunir, na próxima semana, com vereadores da oposição e da base aliada da prefeitura para pedir ajuda na liberação do serviço de transporte particular por aplicativo. As informações são da coluna Satélite do jornal Correio.

O objetivo da reunião é garantir apoio político ao aplicativo, também conhecido como “carona paga”. O serviço, em algumas capitais do país, tem gerado uma série de conflitos entre donos de táxis e motoristas particulares que fazem transporte alternativo de passageiros.

O prefeito ACM Neto já se posicionou contrário à circulação desse transporte alternativo na capital baiana e, por isso, a categoria busca pressionar os vereadores para a liberação do Uber na capital baiana. A justificativa para pedir a permissão do serviço se baseia na reclamação dos taxistas auxiliares de que, para trabalharem, eles precisam pagar aos donos de táxis aluguéis de R$ 500 a R$ 750 por semana.

Bahia.Ba

Facebook Comments