Data de Hoje
4 August 2021
Foto: Reprodução/ Facebook

Temer afirma em vídeo que Câmara arquivará segunda denúncia contra ele

O presidente Michel Temer afirmou em vídeo divulgado na sexta-feira (22) ser alvo de uma “marcha de insensatez” contra ele, visto apenas em “regimes de exceção, e que a Câmara dos Deputados arquivará a segunda denúncia contra ele.
“Só regimes de exceção aceitaram acusações sem provas. Lamento dizer que, hoje, o Brasil pode estar trilhando este caminho. A única vacina contra esta marcha de insensatez é verdade. E a verdade é a única arma que tenho para me defender”, criticou o peemedebista, ao classificar a denúncia como “inepta”, calcada em “provas forjadas” e “ilações”.
“Há ainda muitos fatos estranhos que esperam por ser explicados nesta estranha delação induzida”, disse Temer.
Ele também atacou os executivos da JBS, afirmou ter apontado anteriormente a conduta criminosa deles e declarou que, desde o início, este “processo de denúncias busca desestabilizar o meu governo e paralisar o avanço do Brasil”.
“A verdade prevaleceu ante o primeiro ataque a meu governo e a mim. A verdade, mais uma vez, triunfará, A incoerência e a falsidade foram armas do cotidiano para o extermínio de reputações. O princípio da inocência foi subvertido: Agora todos são culpados, até prove o contrário. Contra mim, armaram conspiração de múltiplos propósitos”, reclamou.

Confira o vídeo clicando AQUI.

Facebook Comments