Data de Hoje
5 August 2021

Temer diz que comentários sobre a Reforma da previdência são inadequados  e pregram terrorismo 

O presidente Michel Temer (PMDB) disse nesta terça-feira (5), durante almoço em Brasília com o comandante da Bolívia, Evo Morales, que há um “terrorismo inadequado” sobre a reforma da Previdência. O peemedebista afirmou ainda que está em dialogo com o Congresso e a sociedade para aprovar a reforma.

“O ponto central da reforma é estabelecer a idade mínima de aposentadoria de 65 para homens e 62 para mulheres. Muitas vezes, divulgações equivocadas falam que a mudança é para amanhã. Mas 65 anos é para daqui a 20 anos. De vez em quando espalham: ʹolha, vão tomar a sua aposentadoriaʹ. É um terrorismo inadequado”, afirmou.

Cálculos feitos pelo Palácio do Planalto apontam que o governo tem apenas 280 votos na Câmara, número inferior aos 308 necessários para que a matéria passe na Casa. Segundo Temer, a votação só vai acontecer quando houver garantia de aprovação.

“Nós estamos conversando muito. Eu falei há pouco com o presidente Eunício Oliveira [Senado] e ele está entusiasmado em votar em fevereiro se aprovar agora [na Câmara]. Evidentemente, temos de ver se tem votos. Se não tem votos, não faz sentido [votar]”, disse.

Facebook Comments