Data de Hoje
12 April 2024

Temperaturas globais devem subir a níveis recordes, diz ONU

Foto: Divulgação/Alberto Maraux

As temperaturas globais devem bater taxas recordes nos próximos cinco anos por causa dos gases que causam o efeito estufa e do fenômeno El Niño, de acordo com o relatório da Organização Mundial Meteorológica (OMM), divulgado nesta quarta-feira (17).

Segundo um novo relatório divulgado pela agência ligada a ONU, há uma probabilidade de 66% da média anual de aquecimento ultrapassar 1.5°C entre 2023 e 2027.

Além disso, pelo menos um dentre os próximos cinco anos será o mais quente desde o início dos registros. O relatório da OMM é baseado em cálculos de 11 diferentes centros de ciência do clima em todo o mundo.

Esse é o limiar de aumento da taxa média de temperatura global que temos que atingir até o final do século para evitar as consequências da crise climática provocada pelo homem por causa da crescente emissão de gases de efeito estufa na nossa atmosfera.

A taxa é medida em referência aos níveis pré-industriais, a partir de quando as emissões de poluentes passar a afetar significativamente o clima global. Em 2022, a média de temperatura global foi de 1.15°C acima da média de 1850-1900.

O relatório também aponta que o El Niño, que deve evoluir nos próximos meses, terá uma influência grande em todo esse processo e levará as temperaturas globais para “patamares desconhecidos”.

Com tudo isso em jogo, temos uma chance de 98% de quebrar o recorde anual de temperatura global de 2016 até 2027, afirma o relatório. Informações do G1.