Data de Hoje
23 April 2021
Foto: Divulgação

Terreiro alvo de intolerância religiosa será visitado pela Rede de Combate ao Racismo

A Rede de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa visitará o terreiro Ilê Obá L´Okê, nesta terça-feira, em Lauro de Freitas, para averiguar as reclamações de integrantes do templo que alegam estarem sendo perseguidos por moradores da região.

O babalorixá responsável pelo templo, Vilson Caetano, declarou estar sendo alvo de intolerância. “O que está por trás de todo processo de intolerância religiosa é o fato de sermos homens e mulheres negras”, afirmou, ressaltando a dupla discriminação sofrida, através da relação do ódio religioso com a prática do racismo. A visita da Rede ao terreiro foi deliberada a partir da última reunião do colegiado, realizado no município, no dia 13 desse mês de abril.

O caso também está sendo acompanhado pelo Centro de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, equipamento social da Sepromi, localizado na Av. Sete de Setembro, em Salvador, que presta apoio psicológico, social e jurídico a pessoas com direitos violados na área, desde o registro da situação pela vítima.

Por Click Notícias
Facebook Comments