Data de Hoje
20 April 2021

Trabalhadores lembram dia Mundial da Saúde com protestos em frente à Sesab

Trabalhadores lembram dia Mundial da Saúde com protestos em frente à Sesab

Foto: Sindsaúde/Divulgação

 
Uma concentração de trabalhadores da Saúde na manhã desta segunda-feira (7) na frente da secretaria do setor no Estado (Sesab), no Centro Administrativo da Bahia (CAB) pretende chamar a atenção das autoridades baianas para os problemas enfrentados pela área. O sindicado dos servidores (Sindsaúde) quer marcar o Dia Mundial da Saúde, lembrado nesta segunda, não com comemorações, mas com protesto. Eles cobram do governo do Estado mais recursos para o Sistema Único de Saúde (SUS), além de reposição imediata das perdas salariais deste ano (o governo determinou aumento de 5,91% dividido em duas vezes) e pagamento retroativo da Unidade Real de Valor (URV), este último ponto, de acordo com o sindicato já autorizado pela Justiça. Segundo Inalba Fontenelle, presidente do Sindsaúde, a “privatização” do setor público e a frouxidão no controle dos planos de saúde são pontos que refletem a atual realidade do setor. "Infelizmente o governo tem agraciado o setor privado sem fazer a devida fiscalização", disse em entrevista ao BN. Na semana passada, a Câmara dos Deputados aprovou a Medida Provisória 627, que concede anistia parcial às prestadoras de planos de saúde não cumpridoras de contratos. A dirigente também lembrou dos problemas de unidades baianas. "Nós temos greve na maternidade do Roberto Santos, temos uma reforma parada no Ernesto Simões, que não sabemos quando vai ser concluída, entre outras questões como a do Hospital Espanhol", relatou
Facebook Comments