Data de Hoje
31 July 2021

Transalvador notifica 109 caminhões por circulação irregular

A Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador) realizou no início da manhã desta quarta-feira (23) uma grande operação nas avenidas Luis Viana Filho (Paralela) e Luis Eduardo Magalhães para coibir o trânsito de caminhões em horário proibido. Foram notificados 109 veículos, sendo 11 encaminhados ao pátio da Transalvador por outras irregularidades, sendo seis por licenciamentos atrasados, dois por conta do lacre de placa rompido e três remoções porque os condutores estavam sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). “Estas operações têm acontecido com frequência em importantes vias da cidade com a finalidade de impedir que veículos de grande porte circulem em horário de pico e, assim, permitir uma maior fluidez do trânsito”, afirma o superintendente do órgão, Fabrizzio Muller. Ele lembra que a infração por circular durante período proibido é considerada de natureza média e prevê multa no valor de R$ 85,14, com quatro pontos na carteira. O veículo levado ao pátio só pode ser retirado quando forem regularizadas todas as pendências. As duas avenidas são classificadas Áreas de Restrição a Circulação (ARC) e constam na Portaria 334/2013, que regulamenta o Decreto Municipal 23.975. O texto prevê proibição para tráfego de caminhões acima de 6,5 metros de comprimento nos períodos compreendidos: 6h às 10h de segunda a sábado; 17h às 20h de segunda a sexta-feira; e 9h às 20h aos sábados, domingos e feriados na Orla de Salvador. Integram ainda o grupo de áreas com restrição as avenidas Antonio Carlos Magalhães; Barros Reis; General Graça Lessa (Ogunjá); General San Martin; Heitor Dias; e Mario Leal Ferreira (Av. Bonocô).

frame---carreta-bonoco-03

Foto: ilustração

Facebook Comments