Data de Hoje
30 July 2021

Transcons: Kátia Carmelo é condenada a dois anos e oito meses de detenção

Transcons: Kátia  Carmelo é condenada a dois anos e oito meses de detenção

Foto: Maiana Marques/Bahia Notícias

A ex-secretária de Planejamento de Salvador, Kátia Carmelo, foi condenada a dois anos e oito meses de detenção por calúnia, injúria e difamação em processo movido pelo advogado Alcebíades de Queiroz Barata Filho, após ter feito declarações sobre a “máfia da Transcon”, um suposto esquema de desvio de recursos da prefeitura que envolvia o uso indevido de títulos de Transferência de Direito de Construir (Transcon). Entre suas afirmações, em entrevista concedida à imprensa em agosto de 2010, Kátia afirma que o jurista seria, na época, “grande detentor de Transcon na cidade” e que possuía “uma influência muito grande no gabinete do prefeito”. Barata Filho também foi apontado por ela como integrante do grupo que operaria o crime. A sentença foi emitida pela juíza Sílvia Lúcia Carvalho, da 6ª Vara Criminal, no último dia 9 e seus advogados de defesa já recorreram da decisão, conforme informações coletadas no sistema eletrônico do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA). Foi aplicada à ré também a multa de pouco mais de R$ 1,2 mil. A ex-secretária já havia sido condenada a quatro meses de detenção e 20 dias-multa por difamação, em maio do ano passado, resultado de um processo movido pelo empresário Carlos Suarez, também referente a denúncias feitas por ela. Sua pena foi revertida a prestação de serviços comunitários pelo mesmo período, durante oito horas semanais.

Facebook Comments