Data de Hoje
21 October 2021
Tarcísio, André Luís e Diego foram presos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Trio que agia no Caminho das Árvores é preso acusado de dar golpes com cartas de consórcio

Oito vítimas contaram que desembolsaram entre R$ 2,5 mil e R$ 12,5 mil por cartas de crédito contempladas.

Três homens foram presos suspeitos de dar um golpe que lesou mais de 20 pessoas que compraram cartas de consórcio para veículos e imóveis que eram comercializadas pelo trio. André Luís Nunes de Oliveira, Diego Santana Leal e Tarcísio Marques Barros foram presos nesta sexta-feira (1º) pela Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon).

Tarcísio, André Luís e Diego foram presos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Tarcísio, André Luís e Diego foram presos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
André Luís e Diego (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
André Luís e Diego (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Oito vítimas já foram ouvidas na Decon e contaram que desembolsaram entre R$ 2,5 mil e R$ 12,5 mil por cartas de crédito contempladas avaliadas entre R$ 25 mil e R$ 34 mil, nunca recebendo nada.

Os três presos eram sócios da empresa Realize Consultoria de Crédito, que funcionava no America Tower, no Caminho das Árvores. A carta de crédito é um documento da administradora de consórcio que concede ao titular um crédito para que compre um determinado bem no valor estipulado. Uma carta de crédito de veículo de R$ 30 mil permite comprar um carro até este valor.

Na delegacia, André confessou o golpe e disse que prometia às vítimas o depósito do crédito no valor das cartas contempladas em até 15 dias após o pagamento da entrada, mas usava o dinheiro recebido para suas despesas pessoais. Já Tarcísio e Diego negam fazer parte de qualquer esquema.

Segundo a polícia, o contrato de aluguel da sala da empresa estava em nome de Diego e a administração do prédio não sabia que ali funcionava um empreendimento. O trio ficará no Complexo Policial da Baixa do Fiscal.

Por Correio
Facebook Comments