Data de Hoje
7 May 2021
Foto: Reprodução

TSE entra em processo para coletar provas de quatro ações contra a chapa de Dilma e Temer

A ministra do TSE, Maria Thereza de Assis, autorizou que a polícia Federal faça uma investigação e colete provas para apoiar a decisão dos processos das quatro ações que orientam a cassação da chapa de Dilma Rousseff e Temer, em 2014.

De acordo com o colunista do Jornal O Globo, Lauro Jardim, entre esses quatros pedidos, estão a perícia da contabilidade nas gráficas Editora Atitude, a mesma que Sergio Moro havia relatado a meses atrás, juntamente com a Gráfica VTPB Ltda, Red Sed Gráfica e Editora e Focal Confecção e Comunicação Visual Ltda, que trabalham para a campanha de Dilma e Temer.

No requerimento, a ministra Maria Thereza autorizou também os depoimentos do ex gerente da Petrobras Pedro Barusco, do executivo Camargo Corrêa Eduardo Leite, do empreiteiro Ricardo Pessoa, do operador Hamylton Padilha, do lobista Júlio Camargo, do engenheiro Zwi Skornicki e do ex-ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos Marcelo Neri. A relatora ainda pediu que fossem compartilhadas com o TSE as delações dos executivos da Andrade Gutierrez. Essa decisão foi divulgada na terça-feira (19) com a assinatura da ministra.

Click Notícias

Facebook Comments